Momentos de partilha e reflexão conduziram o Retiro Jovem SCM – “Construindo pontes nas relações”

Com o tema: “Construindo pontes nas relações”, os jovens participantes do Retiro Jovem, que aconteceu nos dias 29 e 30 de março, puderam compartilhar histórias e reflexões e vivenciar a realidade de pessoas em vulnerabilidade social nas instituições visitadas. O intuito era de despertar o protagonismo juvenil, dando condições para o desenvolvimento de agentes de transformação social e contribuindo na formação de um ser humano preocupado com a vivência dos valores cristãos e o compromisso com as questões sociais.

Segundo Fernando Kotz, coordenador do Serviço de Orientação Religiosa (SOR) do Colégio Sagrado, o retiro dá oportunidade para os jovens conhecerem de perto a realidade e o impacto que o trabalho social tem na vida de muitas pessoas, nas mais diferentes situações.

O relato da venezuelana Yuli, refugiada no Brasil, foi impactante. Ela partilhou as angústias e os desafios que o seu país está enfrentando com a crise humanitária, a falta de recursos e a alta inflação, fatores que estão comprometendo a renda das famílias.

Kotz destacou que, mesmo diante dos desafios, Yuli foi em busca de seu sonho: tentar construir uma nova vida com qualidade. “No decorrer do testemunho de vida dela, reconhecemos a sua grande força de vontade, bem como fortes traços de superação e resiliência. Enfim, seu projeto de vida fez reverberar em nós ‘o brilho no olhar’.”

Conhecer as realidades da vida, por meio de relatos de quem vive/viveu na pele situações de vulnerabilidade, traz bastante entendimento e é um importante agregador de experiências para a construção do projeto de vida dos jovens.

No mesmo dia, os retirantes visitaram a Associação Padre Júlio Negrizzolo — Comunidade Católica Filhos de Rosa Mística, localizada na área rural de São Sebastião, espaço que acolhe e desenvolve um trabalho de recuperação de dependentes químicos. No local, os estudantes participaram de um bate-papo com três dos 15 dependentes atendidos pela instituição, ouvindo o relato de suas vidas e buscando entender as consequências das decisões tomadas e os desafios enfrentados para recuperação.

Os jovens dependentes reafirmaram a sorte em poder contar com o resgate da família para buscar o tratamento para sua dependência. Segundo eles, todo usuário já traficou ou usou drogas para se alimentar e ter ânimo para outras atividades. “A droga não escolhe raça, cor, credo, classe social. Você pode ter tudo de que precisa e mesmo assim buscar nas drogas algo a mais que você, erroneamente, acredita que precisa, tornando-se dependente delas. Tudo na vida são escolhas. A gente escolhe se vai se deixar levar pelo momento, pela galera”, relataram.

Caio Eduardo, jovem de 20 anos, está há quase um mês em tratamento e lembrou que a necessidade de mudança partiu dele, vendo a luta diária de sua mãe para que ele buscasse ajuda. “O tratamento não é fácil, o período de abstinência é muito duro e desafiador, além da falsa sensação de cura provocada pelo ‘isolamento’ das ruas”, pontua.

Atualmente, o programa de recuperação prevê um período de seis meses de tratamento. Ao final, a pessoa deverá estar apta a se reintegrar à família e ao seu contexto social. A comunidade acolhe pessoas do sexo masculino, a partir de 18 anos de idade. O tratamento é gratuito e os candidatos passam por entrevista e avaliação com profissionais da associação e algum membro da família.

Os dependentes químicos são atendidos por profissionais missionários e/ou voluntários da área de saúde, como médico, dentista, psicólogo, enfermeiro e fisioterapeuta. Diversas ações são desenvolvidas na recuperação dos dependentes. Momentos de oração, estudo, palestras, trabalho com a terra e cuidados com os animais integram o programa de recuperação e são meios fundamentais para o desenvolvimento de toda a comunidade.

Em tratamento pela segunda vez, Francisco afirmou que é preciso ter foco e abdicar de frequentar os mesmos lugares e manter contato com as mesmas pessoas, tudo para tentar não recair. “É muito difícil quando saímos daqui e voltamos para o convívio com as pessoas. A gente precisa ficar firme e dizer os ‘nãos’ necessários. Tem que evitar as coisas que fazíamos antes”, lembra.

Os estudantes demonstraram interesse, interagiram e fizeram diversos questionamentos aos jovens em tratamento na instituição, querendo saber o que eles esperam e sonham ao voltar ao convívio social. A resposta foi unânime: recuperar a dignidade, o amor e a confiança da família, além de estudar, trabalhar e ser feliz novamente.

Rico em conhecimento e experiências, o Retiro Jovem SCM deste ano ficou marcado por histórias de superação e esperança de dias melhores.

  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-1
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-3
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-4
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-5
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-6
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-7
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-9
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-10
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-12
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-14
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-15
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-16
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-17
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-18
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-19
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-20
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-23
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-24
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-25
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-26
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-31
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-32
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-36
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-37
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-38
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-40
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-41
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-42
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-44
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-46
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-47
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-48
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-88
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-90
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-91
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-92
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-94
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-96
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-97
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-100
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-102
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-103
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-104
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-105
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-107
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-108
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-109
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-110
  • retiro_jovem_2019_SCM-BsB-111